• Neymar: "A tristeza é grande, a dor imensa e o choro constante. Não sei até quan
  • Iniciado por Lucas2
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
  • Lucas2
  • Iniciado
  • *

    • 21

    • Masculino
    • Fevereiro 15, 2021, 22:38:51
    • SP
  • mais
Neymar disse hoje que não sabe quanto tempo vai aguentar a dureza do futebol francês e as críticas que recebe constantemente, depois de saber que estará um mês parado por causa de uma entrada dura de um adversário.

“A tristeza é grande, a dor imensa e o choro constante. Entristece-me ter de ouvir um jogador, um treinador, um comentador a dizerem: ‘deem-lhe pau’, ‘piscineiro’, ‘bebé chorão’, ‘menino mimado’. Não sei quanto tempo mais vou aguentar”, desabafou numa rede social o internacional brasileiro e uma das ‘estrelas’ dos campeões de França, o Paris Saint-Germain (PSG).

Neymar abandonou o relvado em Caen, ao minuto 60, depois de ter sido alvo de uma entrada dura e sofreu uma lesão muscular que o vai forçar a estar de baixa durante um mês, o que o impedirá de jogar a primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões Europeus, frente ao FC Barcelona, na próxima terça-feira.

O melhor futebolista brasileiro da atualidade lamentou que, mais uma vez, terá de estar algum tempo sem fazer aquilo que mais ama na vida e confessou que o seu único desejo é “ser feliz a jogar futebol”.

“Às vezes sinto-me desconfortável com o meu estilo de jogo, porque driblo e acabo levando pancada constantemente. Não sei se o problema sou eu ou o que faço em campo”, questionou Neymar, reconhecendo que pondera mudar esse estilo.

Depois do jogo, o técnico do Caen, Pascal Dupraz, afirmou a propósito da eliminação da sua equipa, que compete na II Liga, da Taça de França, que o árbitro deixou por assinalar um penálti claro contra o PSG, mas que não iria chorar, que deixava isso para Neymar.

É a terceira vez que o brasileiro, que é o jogador mais caro de sempre, perde um desafio importante da Liga dos Campeões, desde que em 2017 se transferiu do FC Barcelona para o PSG por 220 milhões de euros.

Em 2018 não pôde disputar a segunda mão dos oitavos de final da ‘Champions’ contra o Real Madrid e, no ano seguinte, também ficou afastado na mesma fase da prova dos jogos com o Manchester United, sendo que em ambas as eliminatórias o PSG foi eliminado.

   Partilhar

  • Gosto    Nao Gosto    Supreendido    Medo    Triste    Sorriso    Terror    Piscar    Desconfio    Lágrimas


Tags: